Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



“Porque Não Sou o Giacometti do Século XXI”, de Tiago Pereira, na categoria nacional e “400 Years of Searching”, de Haidy Kancler, são os grandes vencedores do Prémio Público da competição Odisseias Musicais (longas-metragens), do Muvi Lisboa 2015.

 

Também escolha do Público, na competição Sonetos Cantados (curtas-metragens), “Mahala” foi o vencedor a nível nacional e na secção internacional, “Whatever Forever” dos realizadores Rolf Hartogensis e Linda Hakeboom, foi igualmente o grande premiado.

 

O documentário realizado por Tiago Pereira, vencedor do Prémio do Público na categoria das Odisseias Musicais, faz uma forte introspecção ao seu próprio trabalho e à maneira como este se relaciona com a ciência. O filme resulta de um seguimento da série realizada pelo mesmo “O Povo Que Ainda Canta”, uma odisseia de 26 episódios que mostra a música tradicional portuguesa de norte a sul do país.

 

No Palco Internacional da Competição Odisseias Musicais, “400 Years of Searching” de Haidy Kancler, retrata uma viagem única pelo mundo dos instrumentos de cordas, em particular o percurso do violinista Vilim Demsarn, que sempre desejou desde criança construir um violino que lhe desse um som italiano.

 

“Mahala”, vencedor no palco nacional da Competição Sonetos Cantados e realizado por Francisco Costa e Márcia Costa, fala sobre Cacique’97, a primeira banda de afrobeat formada em Portugal, cujos acordes são provenientes de vários pontos do globo.

 

Já “Whatever Forever” conseguiu o primeiro lugar na Competição Sonetos Cantados a nível internacional, um documentário que fala sobre o cantor Douwe Bob Posthuma, considerado como um dos maiores talentos musicais na Holanda.

 

Os prémios do júri

 

Este ano fizeram parte do júri do Muvi Lisboa, na secção das Odisseias Musicais, o jornalista Pedro Primo Figueiredo, o multipremiado realizador Filipe Araújo e a escritora Laura Alves. 

 

Depois de uma votação renhida, “Phil Mendrix”, de Paulo Abreu, ganhou o Prémio do Júri na seção no palco nacional e “Y/Our Music”, de David Reeve e Waraluck Hiransrettawat Every, no palco internacional.

 

Na competição dos Sonetos Cantados (curtas-metragens), os escolhidos pelo júri foram “Wantd Fred” da Playground (a nível nacional) e “Road Dawgs” (a nível internacional) de Jay Buim.

 

Na categoria Canções Com Gente Dentro, o videoclip de Tape Junk – “Six String and The Booze” foi o vencedor do Prémio Júri no palco nacional e “Man Under The Sea”, de Patrick Watson, arrecadou o Prémio do Júri a nível internacional.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:38



O Que São

O projecto dos Cinema Bloggers Awards (CBA) trata-se de uma cerimónia anual que tem como objectivo homenagear e distinguir o melhor do Cinema que estreia nas salas nacionais.

Neste caso serão bloggers portugueses (que dedicam em grande parte os seus espaços online à sétima arte) a votar e premiar.

Logo e imagem

O logótipo e imagem dos CBA foram criados pelo David José Martins (Cine 31).


Facebook


Twitter


MUVI

Logo Muvi Lisboa

Youtube


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D